Futebol

Funcionários recebem dissídio coletivo

A batalha judicial enfim acabou. No último dia 06 de junho, nossos ex-funcionários e funcionários receberam as parcelas de salário de março, abril (45% que faltavam), maio, junho e o 13º. Salário relativos a 2015.

O valor advindo de cotas da Federação Paulista de Futebol não havia sido liberado pois pendia uma disputa judicial travada por uma advogada de jogadores. Venceu, como de se esperar o direito coletivo dos empregados.

A Portuguesa acolheu o Sindicato da categoria, Sindesporte, em sua sede e foi realizado a entrega dos cheques tão esperados!

Sabemos que o recebimento tardio não apaga os momentos difíceis, mas que possam agora amparar as  dificuldades vividas, quiçá a auxiliar a concretizar pequenos sonhos!

E nós, continuamos aqui, com uma Portuguesa enxuta, que com enorme esforço, está conseguindo manter seu  quadro atual de guerreiros com seus créditos em dia.

Alexandre Azevedo Barros

Presidente da Associação Portuguesa de Desportos