Futebol

Nota oficial – Piscinas

São Paulo, 05 de junho de 2018

Prezados sócios e apaixonados pela Portuguesa,

Com enorme saudosismo, venho comunicar que o parque aquático do nosso amado clube teve que ser submetido a um processo de reconstrução total, pois, além de estar sempre sendo alvo da vigilância sanitária, a área encontrava-se oferecendo risco de acidentes e perigo aos funcionários, sócios e frequentadores, sendo interditada pelo Corpo de Bombeiros.
Sabemos da importância histórica de nosso parque aquático, mas também devemos ser estritamente responsáveis com a segurança do local, e, conscientes que, apenas saudosismo não supre as necessidades da nossa Portuguesa, considerando, ainda, que a área se encontrava obsoleta e deteriorada, sendo impossível sua inteira recuperação e funcionamento da maneira como era, seja pelos equipamentos danificados e defasados, seja pelo comprometimento estrutural, seja pelo elevado custo de manutenção de uma estrutura arcaica sobretudo frente aos escassos associados.
Assim, diante dessa necessidade de obra em caráter emergencial, estamos estudando cuidadosamente uma revitalização e remodelação da área, inclusive, avaliando novas  configurações desse e de outros espaços, para melhor atender os anseios atuais do clube e de seus associados, sempre, almejando e lutando, pela reconstrução da grandiosa Portuguesa de Desportos!
Apesar das inúmeras dificuldades, temos a certeza que a Portuguesa está marchando bravamente num caminho sólido; caminho este que lhe dará condições de emergir e ocupar o lugar que nunca deveria ter deixado!

Alexandre Azevedo Barros
Presidente da Associação Portuguesa de Desportos